Mansões à venda no Rio

Fonte: O Globo

 

Com a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016 à vista, o Rio de Janeiro vive dias de negócios milionários no mercado imobiliário. No badalado Jardim Pernambuco, um condomínio fechado no Leblon, na Zona Sul, onde moram famílias tradicionais do país, uma mansão com mais de 800 metros quadrados dentro de um terreno superior a 1,5 mil metros quadrados foi vendida por R$26 milhões, como informou ontem Ancelmo Gois em sua coluna.

De acordo com uma fonte a par do negócio, a casa é uma das mais nobres dentro do condomínio. A casa, de dois andares e com um enorme jardim, conta com teleférico – recurso usado por várias mansões no local. No ambiente interno, a maioria dos cômodos é de mármore.

Há, no entanto, quem ache o valor fora dos padrões para o Jardim Pernambuco. Segundo uma outra fonte, a Sotheby’s International Realty também está vendendo no Jardim Pernambuco uma mansão por R$8,7 milhões. O imóvel, de dois andares que somam 750 metros quadrados, está em um terreno de 900 metros quadrados. A mansão conta com piscina, sauna e um bar. Além disso, há diferentes salas, quatro suítes e duas escadas que dão acesso ao segundo pavimento.

- Não há oferta em vários pontos da cidade. A orla de Ipanema e Leblon tem os imóveis mais caros, seguidos do Jardim Pernambuco – diz Marcelo Evaristo, presidente da Laer, que constrói e reforma imóveis de luxo.

Segundo Leonardo Schneider, vice-presidente da Secovi, o sindicato do setor, os preços de imóveis no Rio subiram entre 50% e 70% em 2010.

- O metro quadrado no Jardim Pernambuco está na faixa dos R$20 mil, contra R$30 mil na orla.

 

Deixar uma Resposta

%d blogueiros gostam disto: